Uncategorized

Por que é tão comum a desmotivação no início da carreira?

Muitas vezes o Jovem sonha que vai entrar na faculdade e que sua vida vai ser diferente, que vai ser mais simples. A vida acaba não sendo mais simples, mas tem altas chances de ir ficando cada vez mais complexa e mais REALIZADORA.

Depois, não ve a hora de:

-Acabar a faculdade, de finalizar todos os trabalhos, TCC, entregar o estágio.

-Começar a ter aquela vida de adulto, começar a trabalhar, porque nesse processo, tudo vai se encaixar. Você vai começar a ganhar seu dinheiro, vai ter mais independência, vai poder viajar, fazer mais coisas que gosta, poder ir fazer aula de ballet, de luta, ou se inscrever naquela academia para ficar fit, etc.

#autoconfiança #beleza

Eu falo isso, porque também já passei por esse processo. E vi que sempre existe um sonho que precisa ser levado conosco, e que às vezes, no meio desse sonho, a gente idealiza algumas coisas. Uma coisa é criar expectativa, que faz parte do ser humano. Quando você cria expectativa, é como se entrasse em contato com a sua fé, de sempre apostar que vai dar certo ou quase sempre. A questão aqui, talvez seja, como você age depois de criar a expectativa.

Nesse meio tempo, de fim de faculdade, início de carreira, algumas coisas são deixadas de lado, porque também… é tanta mudança para ser levada em conta, que às vezes acha que não dá conta.

E pensa que o mais importante é acabar com a faculdade logo e começar a trabalhar de vez, sem ficar fazendo as duas coisas pois cansa MUITO. E então, você começa a sonhar como vai ser trabalhar naquela empresa de renome, ou abrir aquele negócio de sucesso:

Vai ser tão bom… vai ser reconhecido e ter DESTAQUE. “Vou ser o TOP dos trainees” ou “Quero ser o analista, o cara que resolve todos os problemas, braço direito do chefe”, “Vou abrir um negócio inovador, que todo mundo vai querer comprar”.

#sucesso #trabalho #carreira

Esses são alguns pensamentos que a gente encontra por aí. Um momento de felicidade que a gente se dá o direito de parar de achar que é pequeno.

Até que… você se forma, e consegue começar a trabalhar naquela empresa dos seus SONHOS. E olha, não é para qualquer um. Vai todo motivado, pensando que:

-Agora, não é mais estágio, você é um analista e tem muito mais responsabilidade.

-Agora, seu trabalho tem outro peso, que seu chefe vai te olhar de um jeito diferente, porque você conquistou essa vaga.

-Seu trabalho vai ser mais específico, chega de servir de quebra galho, as prioridades serão outras.

Passa um mês, dois, 6 meses e muito do que você pensava não acontece EXATAMENTE como imaginava, algumas coisas caem por terra e você se torna a pessoa mais PESSIMISTA do Universo. Neste momento:

-Parece que todas suas expectativas de antes eram um sonho de uma criança mimada e sem noção do mundo;

#tristeza #desmotivação #mimada

– Você sente que faz tudo errado, que você não tem valor mesmo;

-Fica descrente de qualquer empresa;

-Seu chefe não tem tanto tempo para te orientar quanto gostaria;

– Suas responsabilidades são diferentes do estágio, mais dinâmicas, um pouco mais específicas, mas só um pouco, não é como você imaginava;

-Percebe que vai ter que trabalhar muito mais do que quando estudava, e tem ficado até mais cansado;

-E sente, que não importa o quanto trabalhe, não sente que está sendo reconhecido como gostaria;

-Quer entregar melhores resultados, mas não sabe porque está DESMOTIVADO. E começa a sentir um incômodo. Fica irritado, ansioso, se sente incompreendido;

-Se sente mal por estar desmotivado, afinal, não queria tanto entrar nessa empresa? Não queria tanto sair da faculdade e começar a trabalhar? QUANTA RESPONSABILIDADE E INGRATIDÃO.

É difícil quando algo que você esperava acontecer não acontece. Mas faz parte da vida, isso que é frustração. E parece que está cada vez mais difícil se sentir frustrado. Por que será?

#insegurança #medo #desmotivação

Parece que hoje em dia, você tem tantas possibilidades na sua mão logo cedo que, por isso, conseguir as coisas que quer, vai ser muito mais fácil, ainda que precise batalhar um pouco. É claro que você se esforça para conseguir tudo isso. E que, possivelmente, você se esforçando MUITO, consegue chegar aonde quer. Eu exagerei em alguns momentos para deixar bem claro alguns sentimentos que ficam escondidos e a gente não se permite expressar.

Entretanto, é a forma como a gente acha que vai chegar no objetivo sem levar em consideração alguns tropeços que fazem parte. Sempre criando uma idealização que o próximo passo será mais simples e que tudo vai se resolver.

É uma busca constante por algo que será perfeito. E às vezes, você pensa que se não for assim, alguma coisa está errada: não está seguindo o caminho certo, ou não tem aptidão para isso, ou está no trabalho errado. CALMA. Depende muito de cada situação. Pode ser que alguns desses fatores realmente sejam verdades, ou não.

Por isso, eu te convido a perceber essas suas frustrações e desmotivações de início de carreira:

1- Liste todas as suas expectativas e sonhos;

2- Anote quais delas não deram certo e como na realidade elas aconteceram;

3- Reflita sobre seus aprendizados com isso;

4- Perceba como você se comportou com o fato e como você pode fazer daqui para frente;

5- Divida seu grande objetivo em pequenas metas (Muitas pessoas já falam isso, mas vale a pena relembrar).

Pode continuar criando suas expectativas, isso faz parte do sonho e este faz parte da realização. Mas, nem tudo vai sair como você espera. Praticamente, muita coisa vai ser diferente e você vai acabar passando por isso, se você enxergar como aprendizado fica mais fácil de criar coragem para seguir.

A frustração faz parte, não significa erro. A perfeição não existe, e o que pode existir é uma busca sincera por uma melhoria sua, por uma busca de um sonho seu, sendo coerente com quem você é e o passo a passo que precisa dar para chegar no seu objetivo. E este objetivo, pode não ser algo lá na frente, é até melhor que ele seja vivido diariamente, se não, abrimos espaço para a procrastinação.

Gostou? Curte aqui. Compartilhe para que mais pessoas possam ter acesso a essas dicas.

Acesse:

Site: www.mariafernanda.com.br

YouTube: https://goo.gl/hEDXh5

Facebook: fb.me/mariafernandapsicoach

2 thoughts on “Por que é tão comum a desmotivação no início da carreira?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *